afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


Afonso Alves está na mira do Benfica by Daniel Rodrigues
maio 12, 2009, 1:33 am
Arquivado em: Benfica, Entrevista, Middlesbrough, Notícias, Portugal, RT Marketing, Tibúrcio

“QUEM NÃO GOSTAVA DE IR PARA O BENFICA?”, AFIRMA ROBERTO TIBÚRCIOafonso_blusa

O empresário de Afonso Alves assegurou ontem a Record que o avançado do Middlesbrough não enjeitaria transferir-se para o Benfica, cujo presidente, Filipe Vieira, e o diretor-desportivo, Rui Costa, só hoje voltam de Inglaterra. “Quem não gostaria de ir para o Benfica? Tanto ele como eu gostaríamos que isso sucedesse, pois o Benfica é enorme. Metade da população portuguesa torce pelo Benfica, portanto seria uma opção ótima“, disse Roberto Tibúrcio.

O agente sublinhou não ter recebido ultimamente qualquer contacto do Benfica, mostrando-se surpreendido por a imprensa britânica teimar em colocar o brasileiro de 28 anos na rota da Luz. “Nada de concreto chegou às minhas mãos. Ainda hoje falei com Kia Joorabchian, o meu sócio em Inglaterra, e ele também nada sabia. Contudo, desconheço o que haja entre as direções dos clubes“, afirmou.



Craque tem sua casa roubada by Daniel Rodrigues
março 16, 2009, 11:39 am
Arquivado em: Benfica, Inglaterra, Middlesbrough, Notícias, Outras Notícias, Propostas, Tibúrcio

afonso_alves_772923O atacante brasileiro Afonso Alves, do Middlesbrough, teve um final de sábado infeliz. Ao retornar para sua casa, localizada em Yarm, uma vila nas vizinhanças de Middlesbrough, percebeu que havia sido vítima de um assalto. Os ladrões entraram em sua residência e roubaram vários objetos de valor, tais como joias, computadores, camisas do Boro e da Seleção Brasileira, documentos, pares de tênis, além de cerca de 200 libras esterlinas. De acordo com o jornalista mineiro Caio Ziller, que está hospedado na casa de Afonso, o prejuízo estimado com os produtos roubados chega a 50 mil libras esterlinas.

Até o passaporte do atleta foi levado. Também perdi meu notebook e alguns objetos pessoais”, informa Ziller, que está a trabalho na Inglaterra.

Afonso saiu de casa às 14h15 para participar do jogo em que o Middlesbrough empatou por 1×1 com o Portsmouth, em partida válida pela Premier League. Logo depois, Caio Ziller e Alex Martins, irmão do jogador, saíram para o estádio e deixaram a casa sozinha. Quando todos retornaram da partida, por volta das 18h, encontram um cenário desolador.

A polícia de Middlesbrough trabalha com a hipótese de que o assalto foi planejado por uma quadrilha especializada nesse tipo de delito, pois não há sinais de arrombamento na residência. Afonso lembra que vários outros atletas renomados já foram vítimas de roubos semelhantes.

O Lucas e o Gerrard também tiveram suas casas assaltadas, além de dois jogadores do Manchester United. Infelizmente, a violência está presente em todos os cantos do mundo e não é uma exclusividade brasileira”, afirma Afonso.

Transferência

Nos últimos dias o Middlesbrough recebeu várias propostas pelos direitos federativos e econômicos de Afonso Alves. A sondagem mais efetiva partiu do Benfica, cujo presidente Luís Filipe tratou diretamente com a direção do Boro sobre uma possível negociação. Fontes ligadas ao time inglês revelam que os portugueses chegaram a oferecer 12 milhões de euros pela transferência do atacante.

Os representantes do jogador já têm viagens agendadas para a Alemanha e para a Holanda, países de onde vêm partindo ouras propostas interessantes.

Na avaliação de Afonso, o momento não é adequado para esse tipo de assunto. “Estou com minha atenção voltada para o Middlesbrough, pois desejo muito ajudar o time a sair da zona de rebaixamento na Premier League. Sou feliz no Boro, com quem tenho mais três anos de contrato, e deixo esse tema de negociação a cargo do meu empresário, o brasileiro Roberto Tibúrcio”, diz Afonso.

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA DO ATLETA AFONSO ALVES



Esclarecimento!!! by Daniel Rodrigues
maio 7, 2008, 6:06 pm
Arquivado em: Comunicado, Middlesbrough, Outras Notícias, Tibúrcio

Em 10/01/2008, O jogador Afonso Alves havia recebido uma proposta em Dezembro de 2007 para se transferir para o AZ Alkmaar, da Holanda. No entanto, Os clubes S.C. Heerenveen e AZ Alkmaar,nao chegaram a um acordo.

Ainda para completar o idiota que acusa sem se identificar, UM GRANDE COVARDE, utiliza-se de um email, sportinternational@gmail.com e não assina absolutamente nada do que escreve!

Sobre o e-mail em referência, inicialmente, percebe-se o tom rancoroso do texto veiculado, de caráter sensacionalista e sem qualquer critério técnico. Aliás, não é de se esperar muita coisa de um “rato”, que se esconde atrás do anonimato e dissemina a sua “leptospirose informativa” entre aqueles ligados aos veículos de comunicação e as pessoas com as quais se relacionam os representantes e o advogado do jogador.

Em Dezembro de 2007, o S.C. Heerenveen firmou com o AZ Alkmaar, ambos da Holanda, um protocolo de intenções para a transferência do jogador Afonso Alves. O referido acordo estava expressamente condicionado ao acerto entre o jogador e o Heerenveen, mediante mútuo consentimento, das bases para o
término antecipado do contrato de trabalho em vigor, à data limite de 10/01/2008.

Esclarecendo, caso não houvesse acerto até 10/01/2008 entre o jogador e o Heerenveen para a rescisão antecipada do contrato de trabalho, o protocolo de intenções para a sua transferência não mais teria efeito.

Também, em 23 de Dezembro de 2007, o AZ Alkmaar levou ao jogador uma oferta de contrato de trabalho. A referida oferta estava condicionada à consulta prévia do jogador ao seu advogado no Brasil e ao efetivo registro como integrante do AZ junto à Federação Holandesa, até à data de 02/02/2008. Caso contrário, não mais teria validade a proposta.

Na reunião do Diretor Esportivo do AZ com o jogador, sua família, os seus representantes Tibúrcio e Caio, todas as vias das minutas do contrato de trabalho ofertado pelo AZ foram entregues aos representantes do jogador para ser levadas e analisadas no Brasil pelo advogado do jogador. O Dr. Ribeiro não participou em qualquer momento das negociações e somente teve vista dos referidos documentos após o Natal.

No último dia do ano, o Diretor Esportivo do AZ enviou uma mensagem aos representantes do jogador, informando que as negociações para a sua transferência estavam canceladas.

No dia 10/01/2008, após consultar o seu advogado durante os dias em que esteve no Brasil sobre o conteúdo das minutas, o jogador solicitou que fosse preparada uma resposta ao AZ, informando que não estava de acordo com os seus termos e condições e que lamentava não haver chegado a um acordo com o  Heerenveen para o término de seu contrato de trabalho.

No dia 12/01/2008, foi recebida a notícia pelo jogador de que o AZ havia entrado com uma ação na Federação Holandesa para obrigar o Heerenveen a transferi-lo para o AZ.

Antes de ser decidida a ação proposta pelo AZ, o jogador entrou com uma ação na Federação Holandesa para ser declarada a inexistência de contrato de trabalho entre o jogador e o AZ.

O AZ perdeu a ação proposta contra o Heerenveen, uma vez que ficou decidido que o protocolo de intenções não mais teria efeito em razão de não ter o jogador e o Heerenveen acertado o término do contrato até o dia 10/01/2008.

Por esta razão, em 31/01/2008 o jogador foi negociado pelo Heerenveen junto ao Middlesbrough.

A ação proposta pelo jogador ainda está pendente de julgamento, na KNVB.

O jogador ainda não recebeu qualquer citação para responder qualquer ação proposta pelo AZ, seja perante a KNVB, FIFA ou qualquer outra entidade.

Provavelmente, o “rato” que se esconde atrás da difamação apócrifa não tem qualquer conhecimento das regras da FIFA e das normas rabalhista-deportivas, uma vez que o AZ:

1- Forçou a quebra da estabilidade contratual existente entre o Heerenveen e o jogador (ofensa a um dos princípios basilares da FIFA);

2- Tem uma decisão contrária proferida pelo foro competente (KNVB) a declarar que o Heerenveen não estava obrigado a transferir o jogador, bem como que o protocolo de intenções não mais teria eficácia;

3- Pretende, na verdade, dar uma resposta aos seus torcedores por não ter conseguido fichar o jogador após ter divulgado amplamente na imprensa holandesa que o jogador era deles;

4- Mesmo propondo qualquer ação contra o jogador, também estará o clube sujeito a responder um pedido contraposto do jogador e sofrer eventuais sanções desportivas.

Por todas essas razões, solicitamos às pessoas para as quais o presente e-mail está sendo enviado a gentileza de informar, caso seja de vosso conhecimento, o nome do “rato”, para que tomemos as medidas legais cabíveis.

Ou, caso não conheçam, que a presente dose de informação fidedigna então sirva de “imunização” contra a “doença” desse “animal apócrifo”.

A inveja é realmente uma merda, desculpem-nos a sinceridade.

Roberto Tibúrcio e Dr.Luis Fernando Ribeiro



Tibúrcio presente no Lançamento do Livro do Villa by Daniel Rodrigues
abril 16, 2008, 3:43 am
Arquivado em: Livro Villa Nova, Tibúrcio, Wagner Augusto


O empresário Roberto Tibúrcio esteve presente no lançamento do livro VILLA NOVA: 100 Anos de Glória em Vermelho e Branco do autor e Assessor de Imprensa do Afonso, Wagner Augusto.



AFONSO ALVES NA INGLATERRA by Daniel Rodrigues

Afonso defenderá Middlesbrough FC até junho de 2012

middlesbrough.jpgO aniversário de 27 anos foi muito bem comemorado pelo atacante Afonso Alves. Depois de brilhar na Suécia e na Holanda, o goleador brasileiro assinou um contrato milionário com o inglês Middlesbrough, equipe que disputa a fabulosa Premier League. O Boro, como é conhecido esse time vermelho, pagou cerca de 18 milhões de euros ao SC Heerenveen pela cessão dos direitos federativos e econômicos do atleta. Essa quantia representa um recorde na história do Middlesbrough, superando os 11 milhões de euros pagos ao Empoli, em 2002, pelo jogador Massimo Maccarone.

Afonso ficará no time inglês até junho de 2012 e receberá 12 milhões de libras esterlinas ao longo desse período.

Afonso está na Holanda para providenciar sua mudança para a Inglaterra. O técnico do Middlesbrough, Gareth Southgate, queria contar com o novo reforço já na próxima rodada, porém, isso não será possível. Essa transferência astronômica dá seqüência à ascensão que a carreira de Afonso teve na Europa, onde o artheiro chegou em abril de 2002.

Começo difícil

Nem tudo foram flores no caminho de Afonso rumo ao estrelato. Profissionalizado em 2001, Afonso disputou apenas seis jogos pelo Atlético Mineiro, sempre entrando no segundo tempo. A relação de partidas pelo Atlético é esta:

07/04/2001 – URT 2×0 Atlético – Campeonato Mineiro – Técnico: Abel Braga
06/05/2001 – Rio Branco 1×1 Atlético – Campeonato Mineiro – Técnico: José Maria Pena
30/01/2002 – Atlético 2×2 Atlético-PR – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi
06/02/2002 – Juventude-MT 2×1 Atlético – Copa do Brasil – Técnico: Levir Culpi
08/02/2002 – Atlético 2×1 Paraná – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi
16/03/2002 – América-MG 3×4 Atlético – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi

Antes, em 2000, às vésperas de completar 19 anos, Afonso foi emprestado para o Valeriodoce Esporte Clube no contexto de uma parceira firmada entre o Atlético e o clube de Itabira, terra do grande poeta Carlos Drummond de Andrade. E foi pelo simpático Valério, no Estádio Israel Pinheiro, que Afonso marcou o seu único
gol como profissional no Brasil. Foi na primeira rodada do Campeonato Mineiro daquele ano:

23/01/2000 – Valeriodoce 1×2 Ipatinga – Campeonato
Mineiro – Técnico: Rui Guimarães. Os gols do Ipatinga foram marcados por Joãozinho e Dé. Afonso disputou apenas cinco jogos pelo Valério e voltou para Belo Horizonte.

Gols de Afonso na Europa

Afonso tem feito da marcação de gols no Velho Mundo um doce hábito. Considerando apenas os gols anotados nos respectivos campeonatos nacionais, a performance do ex-jogador do Atlético Mineiro é excelente:

TEMPORADA CLUBE JOGOS GOLS
2002/03 Örgryte IS 18 13
2003/04 Örgryte IS 21 10
2004/05 Malmö FF 24 12
2005/06 Malmö FF 24 14
2006/07 Malmö FF 07 03
2006/07 Heerenveen 30 34
2007/08 Heerenveen 11 07

TOTAL ATÉ 26/12/2007 135 93

Maior artilheiro da Europa em 2006/2007

No que tange aos principais certames europeus da temporada passada, Afonso foi, com folga, o maior goleador do Velho Continente. Os números atestam isso:

JOGADOR CLUBE/PAÍS NÚMERO DE GOLS
Afonso SC Heerenveen/Holanda 34
Totti Roma/Itália 26
Nistelrooy Real Madrid/Espanha 25
Drogba Chelsea/Inglaterra 20
Gekas Bochum/Alemanha 20
Pauleta PSG/França 15
Liédson Sporting/Portugal 15

Afonso supera recordes na Holanda

O atacante da Seleção Brasileira Afonso não cansa de quebrar recordes no Campeonato Holandês da Primeira Divisão, o chamado Eredivisie. Na temporada passada, com os 34 gols assinalados em 30 partidas, sendo somente dois consignados em cobrança de pênalti, o artilheiro superou as marcas de Romário (25 gols em 25 jogos na temporada 1990/1991) e Ronaldo Fenômeno (30 gols em 31 jogos na temporada 1994/1995), que foram ídolos do poderoso PSV Eindhoven, atual campeão.

Recentemente, na goleada do SC Heerenveen sobre o Heracles por 9×0, o goleador brasileiro marcou sete gols (aos 10, 17 e 19 do primeiro tempo e aos 23, 25, 30 e 32 do segundo), suplantando a marca de Marco van Basten, que na sua época na Holanda havia feito seis gols num só jogo.

2007: o ano de ouro na carreira de Afonso Alves

Quando saiu do Brasil praticamente anônimo em abril de 2002, para defender o modesto Örgryte IS, de Gotemburgo, na Suécia, o atacante Afonso Alves tinha vários desafios pela frente. O primeiro deles era conquistar o seu espaço no futebol sueco. Isso foi
feito de modo avassalador. Nas duas temporadas (2002 e 2003) em que jogou no Örgryte IS, um clube que se limita a lutar contra o rebaixamento à Segunda Divisão, Afonso se destacou como o goleador dos grandes jogos.

O excelente desempenho chamou a atenção do Malmö FF, um time bem mais poderoso, mas que estava atormentado por um jejum de 15 anos sem levantar um Allsvenskan, o Campeonato Sueco da Primeira Divisão.

Em janeiro de 2004, o Malmö FF pagou US$ 1.250 milhão ao Atlético Mineiro, detentor dos direitos federativos e econômicos do craque. A resposta de Afonso em campo foi rápida e
inquestionável em 2004: vice-artilheiro do Allsvenskan, ganhador do troféu Bola de Ouro do jornal Aftonbladet como o melhor jogador da temporada e peça decisiva na conquista do título pelo Malmö FF.

Em junho de 2006, a fama e o talento de Afonso extrapolaram as fronteiras da Escandinávia e despertaram a cobiça do SC Heerenveen. O clube holandês pagou € 4,4 milhões e levou o goleador. Aí veio a consagração, com a quebra de sucessivos recordes. Os números de Afonso são nítidos e não deixam dúvidas quanto ao seu potencial.

Maior goleador da história do SC Heerenveen no Campeonato Holandês

JOGADOR PERÍODO GOLS Nº DE JOGOS MÉDIA
Afonso Alves 2006/2007 45 36 1,25
Tomasson 1994/1997 37 78 0,47
Huntelaar 2004/2006 34 46 0,74
Samaras 2002/2006 29 88 0,33
Allback 2000/2002 25 48 0,52
Nistelrooy 1997/1998 13 31 0,42

Mesmo tendo participado de apenas sete jogos na atual temporada, Afonso é o  vice-artilheiro do certame com 11 gols.

Por tudo isso, Afonso recebeu do técnico Dunga o reconhecimento pelo ótimo trabalho realizado nesses seis anos de futebol europeu. O artilheiro foi presença constante nas convocações para a Seleção Brasileira e conquistou a Copa América disputada na Venezuela, em junho e julho de 2007.

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA DO ATLETA AFONSO ALVES



Afonso volta pra Holanda com algumas propostas by Daniel Rodrigues

Lembrado por Dunga em todas as convocações, Afonso Alves tem propostas do futebol inglês e turco

Quando o técnico Dunga convocou os jogadores que iriam disputar a Copa América no ano passado, competição da qual a seleção brasileira se tornou campeã ao bater a Argentina na decisão, um nome chamou a atenção dos torcedores e cronistas especializados: Afonso Alves.

A surpresa se justificava pela pouca visibilidade do jogador, que atual no futebol holandês, fruto de um fenômeno que já está se tornando comum, com a saída dos atletas do País para o futebol mundial antes mesmo de eles despontarem no Brasil.

Depois de conquistar o título da Copa América, Afonso continuou a ser lembrado pela comissão técnica da seleção, figurou em todas as convocações que se sucederam e chegou a ser escalado como titular nos amistosos contra a Turquia e os Estados Unidos.

No dia 29 de dezembro, Afonso foi entrevistado durante um vôo Amsterdã-São Paulo, e contou um pouco de sua trajetória meteórica, que tem como último capítulo uma proposta de 20 milhões de euros (52 milhões de reais ou 29,5 milhões de dólares), para se transferir do futebol holandês para o Manchester City (Inglaterra) ou Fenerbaçe (Turquia), de acordo com matéria publicada pelo jornal holandês “Sportwereld”, e confirmada pelo atacante.

Antes do embarque, ainda no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, Afonso demonstrou que não é assim tão desconhecido. Ele deu autógrafos e posou para fotos ao lado de dois torcedores, ambos brasileiros, que o reconheceram. “As convocações podem ter sido surpresa para todos, menos para mim, pois sempre tive consciência e confiança no trabalho que venho desenvolvendo desde que cheguei para jogar na Holanda”, enfatiza o atacante de 26 anos, que nasceu em Belo Horizonte (MG), onde iniciou a carreira no Atlético-MG e permaneceu dos 13 aos 21 anos.

Em 2002, antes de despontar no Galo, Afonso se transferiu para a Suécia, levado por seu empresário brasileiro, Roberto Tibúrco. Lá, atuou por quatro anos, defendendo o Örgryte e o Malmö. Pelo Malmö, se sagrou campeão sueco em 2004.

Sempre se destacando como artilheiro, Afonso Alves conta que em 2006 despertou o interesse do Heerenveen, equipe holandesa da cidade de mesmo nome. “Já na primeira temporada marquei 34 gols em 31 jogos e fui o artilheiro do campeonato, atuação que não pude repetir em 2007, devido a uma contusão no músculo posterior da coxa direita e por uma suspensão de quatro jogos depois de uma expulsão”, lembra Afonso.

Mesmo com as dificuldades, o atacante terminou o primeiro turno com 11 gols em apenas oito jogos, enquanto que sua equipe ficou na quinta colocação, com 29 pontos em 17 jogos (nove vitórias, dois empates e seis derrotas). “Fico agora alguns dias em Belo Horizonte, revendo os amigos e familiares, e no dia 7 de janeiro retorno à Holanda, com a expectativa de ver concretizada a minha transferência para um dos clubes interessados”, conta ele. “Quero dar seqüência ao meu trabalho, continuar a ser lembrado pelo técnico Dunga e me firmar como titular na seleção brasileira”, finaliza Afonso.

Em outubro passado, Afonso voltou a chamar a atenção dos brasileiros, ao marcar sete gols numa mesma partida do Campeonato Holandês, quando a sua equipe venceu o Heracles por 9 a 0.

Carlos Lara/Colaboração para o BOM DIA, de Amsterdã, editado por Daniel Rodrigues



Afonso entre os 10 artilheiros da Europa by Daniel Rodrigues
novembro 29, 2007, 12:01 pm
Arquivado em: Artilharia, Notícias, Recorde, RT Marketing, Tibúrcio

Dos 10 artilheiros dos clubes europeus, dois são da empresa que assessora Afonso, a RT Marketing

Classement Top Buteurs européens
25/11/2007 – 22 h 53 – Seb_nonda

Peu de changement en tête du classement des Tops Buteurs.

afonso_lingua.jpgA noter que l?attaquant brésilien Heerenveen, Afonso Alves domine outrageusement le classement à la moyenne de but par match avec la moyenne incroyable de 1,66 buts par match, suivent le leader de notre classement Klaas Jan Huntelaar, l?attaquant argentin du FC Porto Lisandro Lopez et l?australien Scott McDonald qui tournent à un but par match depuis le début de saison.

Jusqu?à quand réussiront-ils à tenir le rythme ? Début de réponse lors du prochain classement…

Classement au 25/11/2007

1- Klaas Jan Huntelaar (Ajax/HOL/24 ans) 12 gols (12 jogos disputados)
2- Scott McDonald (Celtic Glasgow/AUS/24 ans) 11 gols (11 jogos disputados)
3- David Trezeguet (Juventus/FRA/30 ans) 11 gols (13 jogos disputados)
4- Karim Benzema (Lyon/FRA/19 ans) 11 gols (15 jogos disputados)
5- Afonso Alves (Heerenveen/BRE/26 ans) 10 gols (6 jogos disputados)
6- Lisandro Lopez (Porto/ARG/24 ans) 10 gols (10 jogos disputados)
7- David Bellion (Bordeaux/FRA/24 ans) 10 gols (15 jogos disputados)
8- Miroslav Klose (Bayern Munich/ALL/29 ans) 9 gols (12 jogos disputados)
9- Luca Toni (Bayern Munich/ITA/30 ans) 9 gols (13 jogos disputados)
10- Tulio De Melo (Le Mans/BRE/22 ans) 9 gols (14 jogos disputados)

RT Marketing – (www.rtmarketing.com.br)

Túlio de Melo em ação na França jogando pelo Le Mans
tuliodemelo3.jpg

Analisando pela média de gols por partida, Afonso fica em 1º Lugar na classificação, com a impressionante marca de 1,66 gols/partida e Túlio de Melo na quinta colocação com 0,6 gols por partida.



Afonso em Casa by Assessoria do Jogador
maio 24, 2007, 7:35 pm
Arquivado em: Fotos, Recordações, Seleção Brasileira, Tibúrcio

Na capital mineira, Afonso comemora com os amigos o chamado da Seleção Brasileira.

A camisa amarelinha caiu bem no craque
afonsoembh5.jpg

Empresário e amigo Roberto Tibúrcio se confraterniza com o goleador
afonsoembh2.jpg

Afonso com o seu amigo pessoal e Assessor de Imprensa, Wagner Augusto
afonsoembh1.jpg

Foi no Valério, de Itabira-MG, que Afonso marcou o seu único gol no Brasilafonsoembh4.jpg

Pelo Atlético Mineiro, seu clube formador, Afonso realizou apenas seis jogos entre 2001 e 2002
afonsoembh.jpg




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.