afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


AFONSO mantém liderança na Europa by Assessoria do Jogador
maio 9, 2007, 3:53 pm
Filed under: Sem-categoria

Depois de se consagrar no Campeonato Holandês da Primeira Divisão, o denominado Eredivisie, como maior artilheiro da história da competição com os seus 34 gols em 30 jogos e de se ser apontado como o Atleta do Ano na Holanda, o atacante brasileiro Afonso, 26 anos, está muito próximo de alcançar outra conquista fabulosa. Trata-se da Chuteira de Ouro, premiação da Uefa destinada ao maior goleador dos campeonatos nacionais europeus.

Afonso lidera a Chuteira de Ouro com 51 pontos, considerando que cada um dos seus 34 gols vale somente 1,5 ponto. Os mais sérios perseguidores do artilheiro que foi revelado pelo Atlético Mineiro são o italiano Francesco Totti, eterno ídolo da Roma, com 22 gols e 44 pontos, e holandês Rudd van Nistelrooy, atacante do Real Madrid, com 20 gols e 40 pontos. Ressalte-se que os gols assinalados nas ligas mais fortes da Europa têm peso 2, como é o caso de Itália, Espanha, Inglaterra e Alemanha.

Nistelrroy marcou muitos gols nas últimas rodadas do Campeonato Espanhol e entrou no páreo. Outro atacante que também despontou no último mês foi o grego Gekas, do alemão Bochum (está ao lado Nistelrooy com 20 gols e 40 pontos). Quem quiser tomar o cetro de Afonso terá de marcar pelo menos 26 gols para totalizar 52 pontos e suplantar o brasileiro, que espera a convocação de Dunga para a disputa da Copa América. A tarefa dos rivais não será nada fácil, pois faltam somente três partidas para o término do Campeonato Italiano, cinco do Espanhol e duas do Alemão.

Afonso está com a mão na Chuteira de Ouro. Confira a classificação atualizada:

CLASSIFICAÇÃO DA CHUTEIRA DE OURO EM 07/05/2007

ranking.jpg

OBS. SOMENTE OS 11 PRIMEIROS COLOCADOS
FONTE: SITE OFICIAL DA UEFA (www.uefa.com)

O desempenho de Afonso é alvo de inúmeras reportagens da imprensa internacional. Na última sexta-feira, 4 de maio, o site oficial da Uefa traçou um longo perfil do craque. Veja esse texto abaixo, traduzido para o português utilizado em Portugal:

Afonso Alves dispara para o topo
(por Berend Scholten)

Cinco “hat-tricks”, 34 golos em 30 jogos no campeonato e o preço fixado nos 20 milhões de euros. Os números falam por si em relação a Afonso Alves, o impressionante avançado brasileiro do SC Heerenveen, cuja brilhante forma pode ainda valer à sua equipa um lugar na pré-eliminatória da UEFA Champions League.

Emoção e dramatismo
Na emocionante e dramática última jornada da Eredivisie, no domingo passado, em que o PSV Eindhoven bateu o AFC Ajax e o AZ Alkmaar na corrida ao título de campeão, o Heerenveen tinha também contas a ajustar com o Feyenoord. Alves, como em tantas outras ocasiões ao longo desta temporada, garantiu que a equipa não saía de campo de mãos a abanar. O avançado de 26 anos marcou quatro tentos na goleada de 5-1 sobre a equipa de Roterdão, que lhe permitiu assegurar um lugar nos “play-off” holandês de acesso à pré-eliminatória da UEFA Champions League. Com Alves neste momento de forma, será complicado apostar contra a equipa orientada por Gertjan Verbeek.

Bota de ouro
Desde que regressou após uma lesão nos ligamentos do joelho, a 10 de Março, Alves apontou 12 golos nos seis jogos que efectuou a titular, marcando por três vezes frente a NAC Breda e Willem II, antes de desfazer por completo a defesa do Feyenoord. A sua média de golos é superior à de qualquer outro jogador nas principais ligas europeias, o que faz com que o brasileiro se encontre actualmente na frente da classificação da Bota de Ouro da ESM. Resumindo, o Heerenveen fez a escolha acertada quando seleccionou Alves para substituir Klaas-Jan Huntelaar, que partiu para o Ajax no último Verão.

Fazer a diferença
Poderoso, rápido e com um pé direito temível, o jogo de Alves baseia-se em marcar golos. Pode passar despercebido durante longos períodos dos jogos, mas, freqüentemente, é ele o jogador a fazer a diferença. “Huntelaar era um jogador que fazia a equipa jogar melhor – Alves pode decidir um jogo sozinho”, afirmou o treinador Verbeek, comparando os dois atacantes. “O Afonso tem qualidades fenomenais. A forma como ele converte os livres directos é algo que não se vê todos os dias”.

Na senda da fama
Alves chegou ao Heerenveen no último Verão, assinando um contrato válido por cinco épocas, depois de uma passagem positiva pela Suécia, onde jogou pelo Örgryte IS e depois pelo Malmö FF, somando 29 golos em 55 jogos no campeonato. O Heerenveen pode não ser um nome grande do futebol europeu – a sua única presença na UEFA Champions League aconteceu em 2000/01, tendo a equipa terminado no último lugar do seu grupo -, mas parece que a tranquilidade do norte da Holanda é positiva para os avançados, pois Ruud van Nistelrooy, Marcus Allback e Huntelaar envergaram todos a camisola às riscas azuis e brancas do clube. “Não sei qual é o segredo, mas o Heerenveen tem, certamente, excelentes olheiros capazes de encontrar jogadores que marcam muitos golos”, referiu Alves ao uefa.com.

Nas primeiras páginas
Depois de uma rápida adaptação à Holanda, Alves está a preencher as primeiras páginas dos jornais como fizeram dois compatriotas seus há não muito tempo – embora nem Romário nem Ronaldo tenham facturado tantos golos. Ronaldo esteve perto, apontando 30 golos em 33 jogos pelo PSV na temporada 1994/95, enquanto Romário viveu os pontos altos em 1989/90 (23 tentos em 20 partidas) e 1990/91 (25 golos em 25 desafios). Efectivamente, Alves é apenas o quinto jogador estrangeiro a ultrapassar a barreira dos 30 golos na Eredivisie, depois de Mateja Kezman, Nikos Machlas, Ove Kindvall e Ronaldo.

“Melhor jogador”
O facto de Alves nunca ter marcado mais do que 14 golos nas cinco temporadas passadas na Suécia dá ainda mais relevo à impressionante época que está a realizar. “Nunca tinha marcado tantos golos antes. Tinha apenas 20 anos quando deixei o Brasil e ao cabo de cinco temporadas na Suécia não tive quaisquer problemas em adaptar-me ao futebol holandês. Aqui no Heerenveen aprendi a colaborar com os outros jogadores e a ter espírito de equipa, o que certamente fez de mim um melhor jogador”.

Ambições
Alves pretende, agora, afirmar-se no panorama europeu. Marcou três golos em seis jogos na Taça UEFA nesta temporada e os seus golos no campeonato holandês ajudaram o Heerenveen a garantir, pelo menos, o regresso a essa competição na próxima época, mas Alves ambiciona mais. “O nosso objectivo é chegar à pré-eliminatória da UEFA Champions League. A bola é redonda, por isso tudo é possível”. Caso consiga concretizar esta ambição, um lugar na selecção brasileira poderá ficar mais próximo. “Sim, claro que esse é um dos meus sonhos, mas resta-me dar o meu melhor pelo Heerenveen, para assim mostrar o meu valor”, afirmou.

Preço a subir
E pode começar já nos “play-offs” frente ao Ajax, no fim-de-semana. Com um finalizador nato como Alves, o Heerenveen pode entrar confiante nesta última fase da época, mas o que vai acontecer depois disso ainda é uma incógnita. “Vamos ver”, foi a resposta do técnico Verbeek em relação às especulações sobre a continuidade de Alves no clube onde chegou em Junho. Aconteça o que acontecer, uma coisa é certa, como o treinador deixou bem claro após os quatro golos do avançado brasileiro frente ao Feyenoord: “O seu preço voltou a subir”.

(©uefa.com 1998-2007. Todos os direitos reservados)

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA DO ATLETA AFONSO ALVES
09/05/2007 – 13h


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: