afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


2007: o ano de ouro na carreira de Afonso Alves by Villa Nova A.C.

Quando saiu do Brasil praticamente anônimo em abril de 2002, para defender o modesto Örgryte IS, de Gotemburgo, na Suécia, o atacante Afonso Alves tinha vários desafios pela frente. O primeiro deles era conquistar o seu espaço no futebol sueco. Isso foi feito de modo avassalador. Nas duas temporadas (2002 e 2003) em que jogou no Örgryte IS, um clube que se limita a lutar contra o rebaixamento à Segunda Divisão, Afonso se destacou como o goleador dos grandes jogos.

O excelente desempenho chamou a atenção do Malmö FF, um time bem mais poderoso, mas que estava atormentado por um jejum de 15 anos sem levantar um Allsvenskan, o Campeonato Sueco da Primeira Divisão. Em janeiro de 2004, o Malmö FF pagou US$ 1.250 milhão ao Atlético Mineiro, detentor dos direitos federativos e econômicos do craque.

A resposta de Afonso em campo foi rápida e inquestionável em 2004: vice-artilheiro do Allsvenskan , ganhador do troféu Bola de Ouro do jornal Aftonbladet como o melhor jogador da temporada e peça decisiva na conquista do título pelo Malmö FF.

Em junho de 2006, a fama e o talento de Afonso extrapolaram as fronteiras da Escandinávia e despertaram a cobiça do SC Heerenveen. O clube holandês pagou € 4.4 milhões e levou o goleador.

Aí veio a consagração, com a quebra de sucessivos recordes. Os números de Afonso são nítidos e não deixam dúvidas quanto ao seu potencial.

Maior artilheiro da Europa em 2006/2007

No que tange aos principais certames europeus da temporada passada, Afonso foi, com folga, o maior goleador do Velho Continente. Os números atestam isso:

:: JOGADOR  CLUBE/PAÍS  NÚMERO DE GOLS
Afonso – SC Heerenveen/Holanda (34)
Totti – Roma/Itália (26)
Nistelrooy – Real Madrid/Espanha (25)
Drogba – Chelsea/Inglaterra (20)
Gekas – Bochum/Alemanha (20)
Pauleta – PSG/França (15)
Liédson – Sporting/Portugal (15)

Maior goleador da história do SC Heerenveen no Campeonato Holandês

:: JOGADOR PERÍODO GOLS Nº DE JOGOS MÉDIA
Afonso Alves 2006/2007 – (45) – 36 – 1,25
Tomasson 1994/1997 – (37) – 78 – 0,47
Huntelaar 2004/2006 – (34) – 46 – 0,74
Samaras 2002/2006 – (29) – 88 – 0,33
Allback 2000/2002 – (25) – 48 – 0,52
Nistelrooy 1997/1998 – (13) – 31 – 0,42

Mesmo tendo participado de apenas sete jogos na atual temporada, Afonso é o vice-artilheiro do certame com 11 gols.

Gols de Afonso na Europa

Afonso tem feito da marcação de gols no Velho Mundo um doce hábito. Considerando apenas os gols anotados nos respectivos campeonatos nacionais, a performance do ex-jogador do Atlético Mineiro é excelente:

TEMPORADA – CLUBE – JOGOS/GOLS 
2002/03  Örgryte IS – 18 – 13  
2003/04  Örgryte IS – 21 – 10  
2004/05  Malmö FF – 24 – 12  
2005/06  Malmö FF – 24 – 14  
2006/07  Malmö FF – 07 – 03  
2006/07  Heerenveen – 30 – 34
2007/08 Heerenveen – 11 – 07
 
TOTAL ATÉ 26/12/2007
Jogos: 135
Gols: 93

   
Por tudo isso, Afonso recebeu do técnico Dunga o reconhecimento pelo ótimo trabalho realizado nesses seis anos de futebol europeu. O artilheiro foi presença constante nas convocações para a Seleção Brasileira e conquistou a Copa América disputada na Venezuela, em junho e julho deste ano.

Começo difícil
    
Nem tudo foram flores no caminho de Afonso rumo ao estrelato. Profissionalizado em 2001, Afonso disputou apenas seis jogos pelo Galo, sempre entrando no segundo tempo. A relação de partidas pelo Atlético é esta:

07/04/2001 – URT 2×0 Atlético – Campeonato Mineiro – Técnico: Abel Braga
06/05/2001 – Rio Branco 1×1 Atlético – Campeonato Mineiro – Técnico: José Maria Pena
30/01/2002 – Atlético 2×2 Atlético-PR – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi
06/02/2002 – Juventude-MT 2×1 Atlético – Copa do Brasil – Técnico: Levir Culpi
08/02/2002 – Atlético 2×1 Paraná – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi
16/03/2002 – América-MG 3×4 Atlético – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi

Antes, em 2000, às vésperas de completar 19 anos,  Afonso foi emprestado para o Valeriodoce Esporte Clube no contexto de uma parceira firmada entre o Atlético e o clube de Itabira, terra do grande poeta Carlos Drummond de Andrade. E foi pelo simpático Valério, no Estádio Israel Pinheiro, que Afonso marcou o seu único gol como profissional no Brasil. Foi na primeira rodada do Campeonato Mineiro daquele ano:

23/01/2000 – Valeriodoce 1×2 Ipatinga – Campeonato Mineiro – Técnico: Rui Guimarães. Os gols do Ipatinga foram marcados por Joãozinho e Dé.

Afonso disputou apenas cinco jogos pelo Valério e voltou para Belo Horizonte.

Assédio

Dezembro de 2007: vários emissários de grandes clubes europeus fazem fila na porta da sede do SC Heerenveen para conversar como a diretoria do clube e com o representante do atleta, o mineiro Roberto Tibúrcio, e tentar adquirir o futebol de Afonso. As propostas partem de € 20 milhões.

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA DO ATLETA AFONSO ALVES



Afonso é candidato para a “Equipe do Ano de 2007” by Villa Nova A.C.
dezembro 12, 2007, 10:31 am
Filed under: Enquetes, Marketing, Melhores 2007, Notícias, Recorde

afonso_votacao3.jpg

A Uefa lançou nesta terça-feira a votação para a “Equipe do Ano de 2007“. É possível votar na escalação ideal e ainda o capitão e o técnico da equipe. A escolha deve ser feita pelo site oficial da entidade até o dia 11 de janeiro. Três dias mais tarde será anunciado o resultado (clique aqui para votar).

O time com mais jogadores candidatos é o Milan, com dez, além do técnico Carlo Ancelotti. A Itália é o país com mais representantes, 11. Há apenas cinco brasileiros na lista deste ano: o lateral-direito Daniel Alves, os apoiadores Kaká, Ronaldinho Gaúcho e Diego, além do atacante Afonso Alves.

As duas maiores surpresas são justamente no ataque. Além de Afonso, Healy, do Fulham, está na lista. O centro-avante foi artilheiro das Eliminatórias para a Eurocopa pela seleção da Irlanda do Norte.

Confira os candidatos:

Goleiros: Casillas (Real Madrid), Cech (Chelsea), Palop (Sevilla), Reina (Liverpool) e Van der Saar (Manchester United)
Laterais-direitos: Daniel Alves (Sevilla), Oddo (Milan), Sergio Ramos (Real Madrid), Zambrotta (Barcelona) e Zanetti (Internazionale)
Zagueiros: Agger (Liverpool), Carragher (Liverpool), Ferdinand (Manchester U.), Maldini (Milan), Nesta (Milan), Puyol (Barcelona), Ricardo Carvalho (Chelsea), Terry (Chelsea), Touré (Arsenal) e Vidic (Manchester U.)
Laterais-esquerdos: Abidal (Barcelona), Drenthe (Real Madrid), Evra (Manchester U.), Jankulowski (Milan) e Lahm (Bayern de Munique).
Volantes: Essien (Chelsea), Fabregas (Arsenal), Gerrard (Liverpool), Pirlo (Milan) e Poulsen (Sevilla).
Meias-direitas: Cristiano Ronaldo (Manchester U.), Gattuso (Milan), Hleb (Arsenal), Messi (Barcelona) e Ribery (Bayern de Munique).
Apoiadores: Diego (Werder Bremen), Kaká (Milan), Ronaldinho Gaúcho (Barcelona), Sneijder (Real Madrid) e Van der Vaart (Hamburgo).
Meias-esquerdas: David Silva (Valencia), Giggs (Manchester U.), Malouda (Chelsea), Ricardo Quaresma (Porto) e Seedorf (Milan).
Atacantes: Afonso Alves (Heerenveen), Drogba (Chelsea), Healy (Fulham), Henry (Barcelona), Ibrahimovic (Internazionale), Inzaghi (Milan), Rooney (Manchester U.), Toni (Bayern de Munique), Totti (Roma) e Van Nistelrooy (Real Madrid).
Técnicos: Alex Ferguson (Manchester United), Carlo Ancelotti (Milan), Fabio Capello (ex-Real Madrid), Juande Ramos (Tottenham) e Rafael Benítez (Liverpool).

Fonte: EFE