afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


Middlesbrough corre atrás do atacante Afonso by Villa Nova A.C.
janeiro 27, 2008, 4:49 pm
Filed under: Inglaterra, Middlesbrough, Notícias, Propostas

Publicada em 26/01/2008 às 11h48m – O Globo On line
Lancepress

Após não conseguir acertar com Fred, do Lyon, os dirigentes do Middlesbrough vão atrás de Afonso Alves. Para isso, o clube inglês estaria disposto a pagar 10 milhões de euros (R$ 26.1 milhões) para tirá-lo do Heerenveen (HOL).

A notícia ganhou força depois que Afonso não acertou com o AZ Alkmaar nesta semana. O Middlesbrough espera anunciar a contratação do brasileiro até o final desta semana.

Afonso chamou a atenção do mundo do futebol após marcar 35 gols pelo Heerenveen na temporada passada. Estes gols fizeram com que o atacante ganhasse uma chance na Seleção Brasileira, que acabou sendo muito criticada pela imprensa e torcida.

Anúncios


Afonso volta pra Holanda com algumas propostas by Villa Nova A.C.

Lembrado por Dunga em todas as convocações, Afonso Alves tem propostas do futebol inglês e turco

Quando o técnico Dunga convocou os jogadores que iriam disputar a Copa América no ano passado, competição da qual a seleção brasileira se tornou campeã ao bater a Argentina na decisão, um nome chamou a atenção dos torcedores e cronistas especializados: Afonso Alves.

A surpresa se justificava pela pouca visibilidade do jogador, que atual no futebol holandês, fruto de um fenômeno que já está se tornando comum, com a saída dos atletas do País para o futebol mundial antes mesmo de eles despontarem no Brasil.

Depois de conquistar o título da Copa América, Afonso continuou a ser lembrado pela comissão técnica da seleção, figurou em todas as convocações que se sucederam e chegou a ser escalado como titular nos amistosos contra a Turquia e os Estados Unidos.

No dia 29 de dezembro, Afonso foi entrevistado durante um vôo Amsterdã-São Paulo, e contou um pouco de sua trajetória meteórica, que tem como último capítulo uma proposta de 20 milhões de euros (52 milhões de reais ou 29,5 milhões de dólares), para se transferir do futebol holandês para o Manchester City (Inglaterra) ou Fenerbaçe (Turquia), de acordo com matéria publicada pelo jornal holandês “Sportwereld”, e confirmada pelo atacante.

Antes do embarque, ainda no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, Afonso demonstrou que não é assim tão desconhecido. Ele deu autógrafos e posou para fotos ao lado de dois torcedores, ambos brasileiros, que o reconheceram. “As convocações podem ter sido surpresa para todos, menos para mim, pois sempre tive consciência e confiança no trabalho que venho desenvolvendo desde que cheguei para jogar na Holanda”, enfatiza o atacante de 26 anos, que nasceu em Belo Horizonte (MG), onde iniciou a carreira no Atlético-MG e permaneceu dos 13 aos 21 anos.

Em 2002, antes de despontar no Galo, Afonso se transferiu para a Suécia, levado por seu empresário brasileiro, Roberto Tibúrco. Lá, atuou por quatro anos, defendendo o Örgryte e o Malmö. Pelo Malmö, se sagrou campeão sueco em 2004.

Sempre se destacando como artilheiro, Afonso Alves conta que em 2006 despertou o interesse do Heerenveen, equipe holandesa da cidade de mesmo nome. “Já na primeira temporada marquei 34 gols em 31 jogos e fui o artilheiro do campeonato, atuação que não pude repetir em 2007, devido a uma contusão no músculo posterior da coxa direita e por uma suspensão de quatro jogos depois de uma expulsão”, lembra Afonso.

Mesmo com as dificuldades, o atacante terminou o primeiro turno com 11 gols em apenas oito jogos, enquanto que sua equipe ficou na quinta colocação, com 29 pontos em 17 jogos (nove vitórias, dois empates e seis derrotas). “Fico agora alguns dias em Belo Horizonte, revendo os amigos e familiares, e no dia 7 de janeiro retorno à Holanda, com a expectativa de ver concretizada a minha transferência para um dos clubes interessados”, conta ele. “Quero dar seqüência ao meu trabalho, continuar a ser lembrado pelo técnico Dunga e me firmar como titular na seleção brasileira”, finaliza Afonso.

Em outubro passado, Afonso voltou a chamar a atenção dos brasileiros, ao marcar sete gols numa mesma partida do Campeonato Holandês, quando a sua equipe venceu o Heracles por 9 a 0.

Carlos Lara/Colaboração para o BOM DIA, de Amsterdã, editado por Daniel Rodrigues



Afonso, o artilheiro do mundo em 2007 by Villa Nova A.C.
janeiro 2, 2008, 12:23 pm
Filed under: Artilharia, Currículo, Melhores 2007, Notícias, Recorde

afonsosorrindo1.JPGAfonso foi listado como o maior goleador do mundo em 2007. A informação é da Federação Internacional de História e Estatística (IFFHS), que só considera gols marcados em jogos pelos clubes de primeira divisão dos 60 melhores campeonatos nacionais do mundo. Curiosamente, o único jogador a disputar um campeonato na América do Sul a figurar entre os 20 primeiros é o chileno Carlos Villanueva, do audax Italiano, com 27 gols. Palermo, do Boca Juniors, da Argentina, com 22 gols, é o 21º.

Além de Afonso, outro brasileiro naturalizado croata, Eduardo da Silva, do Dinamo Zagreb (Croácia), também marcou 34 gols. Na média, porém, Afonso leva vantagem, pois fez 31 jogos e Eduardo uma partida a mais. Além destes brasileiros, outros estão na lista, como Israel Silva Matos, do Xelaju, da Guatemala, aparece em sexto lugar, com 26 gols. Juninho, do Kawasaki Fontale, do Japão, é o 19º, com 22 gols, e o Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, da Espanha, em 29º junto com outros cinco jogadores, todos com 21 gols.

Josiel, que foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro jogando pelo rebaixado Paraná, é o 50º, com 20 gols, mas seis colocações à frente está outro brasileiro pouco conhecido: Baré, do Gamba Osaka, do Japão, também com 20 gols. O jogador mais famoso entre os dez primeiros colocados é o italiano Francesco Totti, do Roma, com 26 gols.

Os dez maiores artilheiros de 2007

1º) Afonso Alves Martins (Brasil) Heerenveen (Holanda) 34 gols
2º) Eduardo da Silva (Croácia) Dinamo Zagreb (Croácia) 34 gols
3º) Dmitri Lipartov (Rússia) Trans Narva (Estônia) 30 gols
4º) Tzvetan Genov (Bulgária) Lokomotiv Sofia (Bulgária) 27 gols
5º) Carlos Villanueva (Chile) Audax Italiano (Chile) 27 gols
6º) Israel Silva Matos (Brasil) Xelaju MC (Guatemala) 26 gols
7º) Boban Jancevski (Macedônia) Baškimi e Renova (Macedônia)   26 gols 
8º) Polivas Lukšys (Letônia) Ekranas Panevežys (Letônia)  26 gols 
9º) Francesco Totti (Itália)  Roma (Itália)  26 gols 
10º) Gary Hamilton (Irlanda do Norte)  Glentoran FC Belfast (Irl. do Norte)  25 gols