afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


Após desencantar, Afonso promete fazer gols e apagar 2008 by Villa Nova A.C.
janeiro 12, 2009, 5:33 pm
Filed under: Artilharia, Middlesbrough, Recorde

Gazeta Press

alfonsoalvesaction_468x497Contratação mais cara da história do Middlesbrough, o brasileiro Afonso Alves promete apagar 2008 e fazer um 2009 cheio de gols. Após marcar duas vezes na vitória do Boro por 2 a 1 em cima do modesto Barrow pela FA Cup e também no último sábado contra o Sunderland, no empate por 1 a 1, o atacante quer fazer valer as 13 milhões de libras pagas pelos ingleses para tirar ele do clube holandês Heerenveen.

Todos os atacantes passam por uma má fase e não fazem gols, mas isto já é passado para mim. Eu não me senti sobre pressão. Às vezes eu joguei bem, mas não marquei. Eu sabia que os gols viriam naturalmente. Quando estava na Holanda, marquei 45 gols em 39 jogos“, gabou-se o brasileiro.

A alívio de Alves tem justificativa. Depois de marcar na estréia com a camisa do Middlesbrough, o atacante ficou sem balançar as redes por 18 jogos. Agora, em 21 partidas, o brasileiro fez quatro gols pelo Boro.

Por isto, Afonso Alves, que já vestiu a camisa da seleção brasileira quando estava no futebol holandês, terá que reverter esta situação na segunda metade da temporada européia para justificar o investimento. No entanto, o jogador de 27 anos ainda tem contrato com o clube inglês por mais três anos e meio.

Anúncios


AFONSO ALVES É PREMIADO PELA IFFHS by Villa Nova A.C.
maio 21, 2008, 1:57 am
Filed under: Artilharia, Bola de Ouro, Eredivise, IFFHS, Jogos, Notícias, Recorde

Afonso Alves recebe Bola de Ouro da IFFHS

De férias no Brasil, onde descansa ao lado da família em Belo Horizonte, o atacante Afonso Alves trouxe na bagagem mais uma importante premiação. Trata-se do troféu Bola de Ouro, prêmio instituído pela International Federation of Football History & Statistics (IFFHS). Numa tradução literal, o nome da entidade em português é Federação Internacional de História e Estatística do Futebol.

O comitê executivo da IFFHS determinou que o prêmio de maior artilheiro do mundo em divisões top na temporada 2006/2007 seria colocado em disputa entre as 60 melhores ligas do mundo. Para concorrer ao troféu, o atleta tem de marcar pelo menos 20 gols em suas respectivas ligas. Com isso, os 52 maiores artilheiros do mundo nessa temporada vêm de 33 nacionalidades diferentes.

Afonso foi o recordista absoluto com os 34 gols marcados em 31 jogos disputados pelo SC Heerenveen no Eredivisie, o Campeonato Holandês da Primeira Divisão.

Premios internacionales 2007

Son los siguientes:

El 20 de marzo de 2008, Gianluigi Buffon (Juventus FC Torino/Italia) recibió el trofeo de Mejor Portero del Mundo 2007 en Turín (Juventus Training Center Vinovo).

El 2 de abril de 2008 se entregaron los siguientes galardones en el Milanello Sport Centre (Italia): Carlo Ancelotti (Milan AC), Mejor Entrenador de Club del Mundo 2007, Ricardo Izecson dos Santos Leite “Kaká” de Brasil (Milan AC), Mejor Constructor de Juego del Mundo 2007 y Andrea Pirlo (Milan AC), Segundo Mejor Constructor de Juego del Mundo 2007.

El 6 de abril de 2008, el Sevilla FC (Ganador del Ranking Mundial de Clubs 2007) recibó el trofeo durante el descanso del partido ante el Villarreal CF (Primera División).

Afonso Alves Martins de Brasil (El Mejor Goleador del Mundo de la Máxima Categoría 2007) recibirá su trofeo durante los prolegómenos del próximo partido de la Premier División que juegue su nuevo club, el Middlesbrough FC.

El 20 de abril de 2008 Salvador Cabañas de Paraguay (CF América, Ciudad de México) recibirá el trofeo de Segundo Mejor Goleador del Mundo en el Estadio Azteca antes del partido de liga contra sus rivales vecinos del Atlante FC.

La entrega del trofeo de Sir Alexander Ferguson (Manchester United FC) – Segundo Mejor Entrenador de Club del Mundo 2007- y Manchester United FC -Segundo del Ranking Mundial de Clubs 2007- se ha aplazado dado que el “ManU” actualmente tiene concentrada su atención en la Liga de Campeones de Europa y el campeonato nacional de Inglaterra.

Petr Čech de la República Checa recibirá su trofeo (Segundo Mejor Portero del Mundo 2007) en mayo en la antesala de un partido internacional en Praga.

Site: IFFHS

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA DO ATLETA AFONSO ALVES

:: Veja todos os 34 gols do Afonso na temporada 2006/2007



Afonso Alves points to the heavens after Boro’s fourth goal by Villa Nova A.C.

Photo by North News

More To Come From Boro’s Six-Shooter

GARETH SOUTHGATE is already looking forward to Afonso Alves’s first full season in the Premier League after seeing him blast six goals in his last six games.

The Brazilian international sprang to life with a brilliant double against Manchester United and hasn’t looked back since.
After paying a club record fee for the 27-year-old, Southgate believes we’ll see him go from strength to strength in a Boro shirt.

“We said we won’t see the best of him until next year and he’ll be better for the experience of the last few months,” he said.
“He’s slowly adapting to the nature of this league – you don’t get free-kicks for the things you do in Holland and the standard is better here but his ratio of goals to games is very healthy now.

“The pre-season is going to be very important. It will be a chance to nail down how we expect him to work next season, as it will be with all the players.

Like all players, Alves needed time to adjust to the rough and tumble of the English game but he’s adapted his style and beginning to reproduce the form that made him Holland’s Player of the Year.

“He’s a goal scorer,” said Southgate. “Aspects of the rest of his game need to be worked on and improved but what we’ve seen in training is what we saw against City.

“Others will score goals, but he lives for scoring goals. He’s got a very cool nature and sometimes people look at that and take it the wrong way and think he doesn’t care, but he certainly does.

“He’ll score goals – I think we’ve seen that already in the matches he’s played. In addition, we’ll have Mido back and he’ll score goals. Between them, all four strikers each offer us something different.

Afonso Alves scored Boro fourth goal – Photo by North News

“Tuncay and Aliadiere will both be stronger for the season they’ve had. Tuncay scored eight goals and that’s a decent return considering he’s not an out-and-out goalscorer. He is a different type of player, but I think he will score more goals.

“Sometimes he looks to do the spectacular rather than a simple finish, but that’s what makes him so enjoyable to watch.”

Meanwhile, Southgate praised Stewart Downing’s goalscoring contribution after his brace against City took him to double figures for the season, with nine coming in the league.

“Ten goals is a good target for a wide player and he’s hit it,” he said.

“He’s matured a lot throughout the season. At times he hasn’t had enough belief in himself and he’s got the evidence of what he can do now.

“We’ve spoken about Ronaldo and watched clips of what he does. Because he’s been in the team for so long we forget sometimes he’s only 23 so there’s a lot of room for improvement still.

“But the quality of his second goal on Sunday was top drawer.”

Site Official do Middlesbrough



Afonso Alves marca três em goleada histórica by Villa Nova A.C.

Boro derrota o Manchester City, time do meia Elano, com um incrível placar: 8 a 1

Com três gols de Afonso Alves, o Middlesbrough massacrou o Manchester City por 8 a 1, neste domingo, no Riverside Stadium, em jogo válido pela última rodada do Campeonato Inglês . Também balançaram as redes para o Boro o brasileiro Fábio Rochemback, Downing (2), Johnson e Aliadiere. O ex-santista Elano fez o gol de honra do City quando o placar já marcava 7 a 0 para o time da casa.

No entanto, por incrível que pareça, o Manchester City, que terminou o torneio em 9º lugar, se garantiu na Copa da Uefa da próxima temporada pelo critério de fair play. Dentro de campo, o Everton foi o outro clube que se garantiu no segundo torneio de clubes mais importante da Europa. O time de Liverpool bateu o Newcastle por 3 a 1 e terminou a competição em 5º lugar (65 pontos).

No fim das contas, o campeão Manchester United, Chelsea, Arsenal e Liverpool ficaram com as vagas para a Liga dos Campeões da próxima temporada. Na parte inferior da tabela, Reading, Birminhgam e Derby County foram rebaixados e vão jogar a Segunda Divisão em 2008/2009.

Afonso terminou a competição com seis gols marcados.

Confira os resultados da 38ª rodada

Domingo
Birmingham 4 x 1 Blackburn
Chelsea 1 x 1 Bolton
Derby County 0 x 4 Reading
Everton 3 x 1 Newcastle
Middlesbrough 8 x 1 Manchester City
Portsmouth 0 x 1 Fulham
Sunderland 0 x 1 Arsenal
Tottenham 0 x 2 Liverpool
West Ham 2 x 2 Aston Villa

MATCH REPORTS

by site oficial da Premier League

Middlesbrough ended their season on a high after scoring an amazing eight goals to beat visiting Manchester City 8-1 at the Riverside Stadium.

Stewart Downing fired home a 16th-minute penalty after Richard Dunne was sent off for bringing down Tuncay Sanli and eight minutes before the break Afonso Alves slotted home the second from 14 yards.

A superb volley with the outside of his left foot from Downing, another strike from Alves, a deflected long-range effort from Adam Johnson, Fabio Rochemback’s 30-yard free-kick and a goal from Jeremie Aliadiere were followed by a consolation for Elano before Alves completed his hat-trick.

The match began badly for City when striker Benjani Mwaruwari received lengthy treatment after being caught in the chest by Rochemback’s swinging right leg and was eventually replaced by Nery Castillo in the 13th minute.

Boro’s first chance fell to George Boateng from Rochemback’s free-kick but a diving Dunne blocked the shot at the expense of a corner.

From Rochemback’s delivery, Afonso Alves completely missed his kick but Julio Arca was behind him to curl a 20-yard shot narrowly wide.

superb save

The hosts took the lead in the 16th minute when Tuncay raced on to a long ball and, as he entered the penalty area, he accidentally caught Dunne’s leg as the defender tried to get back.

The City captain was dismissed by referee Phil Dowd and Stewart Downing clinically dispatched the penalty.

Andreas Isaksson then did well to smother Alves’ close-range effort from Downing’s 29th-minute corner, although his save was more down to luck than judgment.

Rochemback wasted the chance to shoot from 16 yards, instead passing to Tuncay and allowing City’s defence to get back to block.

But the next time the Brazilian went forward, the decision to pass paid off as he picked out compatriot Afonso Alves who slotted home left-footed in the 37th minute.

Late on in the half, Isaksson pulled off a superb save to deny Boateng just five yards out from Downing’s left-wing cross.

Isaksson was soon into the action in the second half, parrying Rochemback’s free-kick which was fortuitously awarded for Sun Jihai’s foul on Downing and was deemed to be outside the penalty area by Dowd.

But the England winger did something positive in the 57th minute when, after Boateng’s right-wing cross was knocked on, he smashed a superb volley with the outside of his left foot inside the far post to end the match as a contest.

hat-trick

Two minutes later, Afonso Alves made it 4-0 when he raced on to Arca’s through-ball to stab past Isaksson.

Chris Riggott then had a goal disallowed for offside as Boro threatened to run riot.

City’s luck was obviously not in as, in the 70th minute, Boro grabbed a fifth when Johnson’s long-range shot was deflected past Isaksson.

Elano replaced Martin Petrov but, in truth, the visitors were just going through the motions.

Rochemback made it 6-0 with a 30-yard free-kick 10 minutes from time and substitute Aliadiere fired home the seventh in the 85th minute.

Elano scored a consolation before Afonso Alves completed his hat-trick.
Wigan 0 x 2 Manchester United



Afonso volta pra Holanda com algumas propostas by Villa Nova A.C.

Lembrado por Dunga em todas as convocações, Afonso Alves tem propostas do futebol inglês e turco

Quando o técnico Dunga convocou os jogadores que iriam disputar a Copa América no ano passado, competição da qual a seleção brasileira se tornou campeã ao bater a Argentina na decisão, um nome chamou a atenção dos torcedores e cronistas especializados: Afonso Alves.

A surpresa se justificava pela pouca visibilidade do jogador, que atual no futebol holandês, fruto de um fenômeno que já está se tornando comum, com a saída dos atletas do País para o futebol mundial antes mesmo de eles despontarem no Brasil.

Depois de conquistar o título da Copa América, Afonso continuou a ser lembrado pela comissão técnica da seleção, figurou em todas as convocações que se sucederam e chegou a ser escalado como titular nos amistosos contra a Turquia e os Estados Unidos.

No dia 29 de dezembro, Afonso foi entrevistado durante um vôo Amsterdã-São Paulo, e contou um pouco de sua trajetória meteórica, que tem como último capítulo uma proposta de 20 milhões de euros (52 milhões de reais ou 29,5 milhões de dólares), para se transferir do futebol holandês para o Manchester City (Inglaterra) ou Fenerbaçe (Turquia), de acordo com matéria publicada pelo jornal holandês “Sportwereld”, e confirmada pelo atacante.

Antes do embarque, ainda no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, Afonso demonstrou que não é assim tão desconhecido. Ele deu autógrafos e posou para fotos ao lado de dois torcedores, ambos brasileiros, que o reconheceram. “As convocações podem ter sido surpresa para todos, menos para mim, pois sempre tive consciência e confiança no trabalho que venho desenvolvendo desde que cheguei para jogar na Holanda”, enfatiza o atacante de 26 anos, que nasceu em Belo Horizonte (MG), onde iniciou a carreira no Atlético-MG e permaneceu dos 13 aos 21 anos.

Em 2002, antes de despontar no Galo, Afonso se transferiu para a Suécia, levado por seu empresário brasileiro, Roberto Tibúrco. Lá, atuou por quatro anos, defendendo o Örgryte e o Malmö. Pelo Malmö, se sagrou campeão sueco em 2004.

Sempre se destacando como artilheiro, Afonso Alves conta que em 2006 despertou o interesse do Heerenveen, equipe holandesa da cidade de mesmo nome. “Já na primeira temporada marquei 34 gols em 31 jogos e fui o artilheiro do campeonato, atuação que não pude repetir em 2007, devido a uma contusão no músculo posterior da coxa direita e por uma suspensão de quatro jogos depois de uma expulsão”, lembra Afonso.

Mesmo com as dificuldades, o atacante terminou o primeiro turno com 11 gols em apenas oito jogos, enquanto que sua equipe ficou na quinta colocação, com 29 pontos em 17 jogos (nove vitórias, dois empates e seis derrotas). “Fico agora alguns dias em Belo Horizonte, revendo os amigos e familiares, e no dia 7 de janeiro retorno à Holanda, com a expectativa de ver concretizada a minha transferência para um dos clubes interessados”, conta ele. “Quero dar seqüência ao meu trabalho, continuar a ser lembrado pelo técnico Dunga e me firmar como titular na seleção brasileira”, finaliza Afonso.

Em outubro passado, Afonso voltou a chamar a atenção dos brasileiros, ao marcar sete gols numa mesma partida do Campeonato Holandês, quando a sua equipe venceu o Heracles por 9 a 0.

Carlos Lara/Colaboração para o BOM DIA, de Amsterdã, editado por Daniel Rodrigues



Afonso, o artilheiro do mundo em 2007 by Villa Nova A.C.
janeiro 2, 2008, 12:23 pm
Filed under: Artilharia, Currículo, Melhores 2007, Notícias, Recorde

afonsosorrindo1.JPGAfonso foi listado como o maior goleador do mundo em 2007. A informação é da Federação Internacional de História e Estatística (IFFHS), que só considera gols marcados em jogos pelos clubes de primeira divisão dos 60 melhores campeonatos nacionais do mundo. Curiosamente, o único jogador a disputar um campeonato na América do Sul a figurar entre os 20 primeiros é o chileno Carlos Villanueva, do audax Italiano, com 27 gols. Palermo, do Boca Juniors, da Argentina, com 22 gols, é o 21º.

Além de Afonso, outro brasileiro naturalizado croata, Eduardo da Silva, do Dinamo Zagreb (Croácia), também marcou 34 gols. Na média, porém, Afonso leva vantagem, pois fez 31 jogos e Eduardo uma partida a mais. Além destes brasileiros, outros estão na lista, como Israel Silva Matos, do Xelaju, da Guatemala, aparece em sexto lugar, com 26 gols. Juninho, do Kawasaki Fontale, do Japão, é o 19º, com 22 gols, e o Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, da Espanha, em 29º junto com outros cinco jogadores, todos com 21 gols.

Josiel, que foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro jogando pelo rebaixado Paraná, é o 50º, com 20 gols, mas seis colocações à frente está outro brasileiro pouco conhecido: Baré, do Gamba Osaka, do Japão, também com 20 gols. O jogador mais famoso entre os dez primeiros colocados é o italiano Francesco Totti, do Roma, com 26 gols.

Os dez maiores artilheiros de 2007

1º) Afonso Alves Martins (Brasil) Heerenveen (Holanda) 34 gols
2º) Eduardo da Silva (Croácia) Dinamo Zagreb (Croácia) 34 gols
3º) Dmitri Lipartov (Rússia) Trans Narva (Estônia) 30 gols
4º) Tzvetan Genov (Bulgária) Lokomotiv Sofia (Bulgária) 27 gols
5º) Carlos Villanueva (Chile) Audax Italiano (Chile) 27 gols
6º) Israel Silva Matos (Brasil) Xelaju MC (Guatemala) 26 gols
7º) Boban Jancevski (Macedônia) Baškimi e Renova (Macedônia)   26 gols 
8º) Polivas Lukšys (Letônia) Ekranas Panevežys (Letônia)  26 gols 
9º) Francesco Totti (Itália)  Roma (Itália)  26 gols 
10º) Gary Hamilton (Irlanda do Norte)  Glentoran FC Belfast (Irl. do Norte)  25 gols 



2007: o ano de ouro na carreira de Afonso Alves by Villa Nova A.C.

Quando saiu do Brasil praticamente anônimo em abril de 2002, para defender o modesto Örgryte IS, de Gotemburgo, na Suécia, o atacante Afonso Alves tinha vários desafios pela frente. O primeiro deles era conquistar o seu espaço no futebol sueco. Isso foi feito de modo avassalador. Nas duas temporadas (2002 e 2003) em que jogou no Örgryte IS, um clube que se limita a lutar contra o rebaixamento à Segunda Divisão, Afonso se destacou como o goleador dos grandes jogos.

O excelente desempenho chamou a atenção do Malmö FF, um time bem mais poderoso, mas que estava atormentado por um jejum de 15 anos sem levantar um Allsvenskan, o Campeonato Sueco da Primeira Divisão. Em janeiro de 2004, o Malmö FF pagou US$ 1.250 milhão ao Atlético Mineiro, detentor dos direitos federativos e econômicos do craque.

A resposta de Afonso em campo foi rápida e inquestionável em 2004: vice-artilheiro do Allsvenskan , ganhador do troféu Bola de Ouro do jornal Aftonbladet como o melhor jogador da temporada e peça decisiva na conquista do título pelo Malmö FF.

Em junho de 2006, a fama e o talento de Afonso extrapolaram as fronteiras da Escandinávia e despertaram a cobiça do SC Heerenveen. O clube holandês pagou € 4.4 milhões e levou o goleador.

Aí veio a consagração, com a quebra de sucessivos recordes. Os números de Afonso são nítidos e não deixam dúvidas quanto ao seu potencial.

Maior artilheiro da Europa em 2006/2007

No que tange aos principais certames europeus da temporada passada, Afonso foi, com folga, o maior goleador do Velho Continente. Os números atestam isso:

:: JOGADOR  CLUBE/PAÍS  NÚMERO DE GOLS
Afonso – SC Heerenveen/Holanda (34)
Totti – Roma/Itália (26)
Nistelrooy – Real Madrid/Espanha (25)
Drogba – Chelsea/Inglaterra (20)
Gekas – Bochum/Alemanha (20)
Pauleta – PSG/França (15)
Liédson – Sporting/Portugal (15)

Maior goleador da história do SC Heerenveen no Campeonato Holandês

:: JOGADOR PERÍODO GOLS Nº DE JOGOS MÉDIA
Afonso Alves 2006/2007 – (45) – 36 – 1,25
Tomasson 1994/1997 – (37) – 78 – 0,47
Huntelaar 2004/2006 – (34) – 46 – 0,74
Samaras 2002/2006 – (29) – 88 – 0,33
Allback 2000/2002 – (25) – 48 – 0,52
Nistelrooy 1997/1998 – (13) – 31 – 0,42

Mesmo tendo participado de apenas sete jogos na atual temporada, Afonso é o vice-artilheiro do certame com 11 gols.

Gols de Afonso na Europa

Afonso tem feito da marcação de gols no Velho Mundo um doce hábito. Considerando apenas os gols anotados nos respectivos campeonatos nacionais, a performance do ex-jogador do Atlético Mineiro é excelente:

TEMPORADA – CLUBE – JOGOS/GOLS 
2002/03  Örgryte IS – 18 – 13  
2003/04  Örgryte IS – 21 – 10  
2004/05  Malmö FF – 24 – 12  
2005/06  Malmö FF – 24 – 14  
2006/07  Malmö FF – 07 – 03  
2006/07  Heerenveen – 30 – 34
2007/08 Heerenveen – 11 – 07
 
TOTAL ATÉ 26/12/2007
Jogos: 135
Gols: 93

   
Por tudo isso, Afonso recebeu do técnico Dunga o reconhecimento pelo ótimo trabalho realizado nesses seis anos de futebol europeu. O artilheiro foi presença constante nas convocações para a Seleção Brasileira e conquistou a Copa América disputada na Venezuela, em junho e julho deste ano.

Começo difícil
    
Nem tudo foram flores no caminho de Afonso rumo ao estrelato. Profissionalizado em 2001, Afonso disputou apenas seis jogos pelo Galo, sempre entrando no segundo tempo. A relação de partidas pelo Atlético é esta:

07/04/2001 – URT 2×0 Atlético – Campeonato Mineiro – Técnico: Abel Braga
06/05/2001 – Rio Branco 1×1 Atlético – Campeonato Mineiro – Técnico: José Maria Pena
30/01/2002 – Atlético 2×2 Atlético-PR – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi
06/02/2002 – Juventude-MT 2×1 Atlético – Copa do Brasil – Técnico: Levir Culpi
08/02/2002 – Atlético 2×1 Paraná – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi
16/03/2002 – América-MG 3×4 Atlético – Copa Sul-Minas – Técnico: Levir Culpi

Antes, em 2000, às vésperas de completar 19 anos,  Afonso foi emprestado para o Valeriodoce Esporte Clube no contexto de uma parceira firmada entre o Atlético e o clube de Itabira, terra do grande poeta Carlos Drummond de Andrade. E foi pelo simpático Valério, no Estádio Israel Pinheiro, que Afonso marcou o seu único gol como profissional no Brasil. Foi na primeira rodada do Campeonato Mineiro daquele ano:

23/01/2000 – Valeriodoce 1×2 Ipatinga – Campeonato Mineiro – Técnico: Rui Guimarães. Os gols do Ipatinga foram marcados por Joãozinho e Dé.

Afonso disputou apenas cinco jogos pelo Valério e voltou para Belo Horizonte.

Assédio

Dezembro de 2007: vários emissários de grandes clubes europeus fazem fila na porta da sede do SC Heerenveen para conversar como a diretoria do clube e com o representante do atleta, o mineiro Roberto Tibúrcio, e tentar adquirir o futebol de Afonso. As propostas partem de € 20 milhões.

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA DO ATLETA AFONSO ALVES