afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


Esclarecimento!!! by Villa Nova A.C.
maio 7, 2008, 6:06 pm
Filed under: Comunicado, Middlesbrough, Outras Notícias, Tibúrcio

Em 10/01/2008, O jogador Afonso Alves havia recebido uma proposta em Dezembro de 2007 para se transferir para o AZ Alkmaar, da Holanda. No entanto, Os clubes S.C. Heerenveen e AZ Alkmaar,nao chegaram a um acordo.

Ainda para completar o idiota que acusa sem se identificar, UM GRANDE COVARDE, utiliza-se de um email, sportinternational@gmail.com e não assina absolutamente nada do que escreve!

Sobre o e-mail em referência, inicialmente, percebe-se o tom rancoroso do texto veiculado, de caráter sensacionalista e sem qualquer critério técnico. Aliás, não é de se esperar muita coisa de um “rato”, que se esconde atrás do anonimato e dissemina a sua “leptospirose informativa” entre aqueles ligados aos veículos de comunicação e as pessoas com as quais se relacionam os representantes e o advogado do jogador.

Em Dezembro de 2007, o S.C. Heerenveen firmou com o AZ Alkmaar, ambos da Holanda, um protocolo de intenções para a transferência do jogador Afonso Alves. O referido acordo estava expressamente condicionado ao acerto entre o jogador e o Heerenveen, mediante mútuo consentimento, das bases para o
término antecipado do contrato de trabalho em vigor, à data limite de 10/01/2008.

Esclarecendo, caso não houvesse acerto até 10/01/2008 entre o jogador e o Heerenveen para a rescisão antecipada do contrato de trabalho, o protocolo de intenções para a sua transferência não mais teria efeito.

Também, em 23 de Dezembro de 2007, o AZ Alkmaar levou ao jogador uma oferta de contrato de trabalho. A referida oferta estava condicionada à consulta prévia do jogador ao seu advogado no Brasil e ao efetivo registro como integrante do AZ junto à Federação Holandesa, até à data de 02/02/2008. Caso contrário, não mais teria validade a proposta.

Na reunião do Diretor Esportivo do AZ com o jogador, sua família, os seus representantes Tibúrcio e Caio, todas as vias das minutas do contrato de trabalho ofertado pelo AZ foram entregues aos representantes do jogador para ser levadas e analisadas no Brasil pelo advogado do jogador. O Dr. Ribeiro não participou em qualquer momento das negociações e somente teve vista dos referidos documentos após o Natal.

No último dia do ano, o Diretor Esportivo do AZ enviou uma mensagem aos representantes do jogador, informando que as negociações para a sua transferência estavam canceladas.

No dia 10/01/2008, após consultar o seu advogado durante os dias em que esteve no Brasil sobre o conteúdo das minutas, o jogador solicitou que fosse preparada uma resposta ao AZ, informando que não estava de acordo com os seus termos e condições e que lamentava não haver chegado a um acordo com o  Heerenveen para o término de seu contrato de trabalho.

No dia 12/01/2008, foi recebida a notícia pelo jogador de que o AZ havia entrado com uma ação na Federação Holandesa para obrigar o Heerenveen a transferi-lo para o AZ.

Antes de ser decidida a ação proposta pelo AZ, o jogador entrou com uma ação na Federação Holandesa para ser declarada a inexistência de contrato de trabalho entre o jogador e o AZ.

O AZ perdeu a ação proposta contra o Heerenveen, uma vez que ficou decidido que o protocolo de intenções não mais teria efeito em razão de não ter o jogador e o Heerenveen acertado o término do contrato até o dia 10/01/2008.

Por esta razão, em 31/01/2008 o jogador foi negociado pelo Heerenveen junto ao Middlesbrough.

A ação proposta pelo jogador ainda está pendente de julgamento, na KNVB.

O jogador ainda não recebeu qualquer citação para responder qualquer ação proposta pelo AZ, seja perante a KNVB, FIFA ou qualquer outra entidade.

Provavelmente, o “rato” que se esconde atrás da difamação apócrifa não tem qualquer conhecimento das regras da FIFA e das normas rabalhista-deportivas, uma vez que o AZ:

1- Forçou a quebra da estabilidade contratual existente entre o Heerenveen e o jogador (ofensa a um dos princípios basilares da FIFA);

2- Tem uma decisão contrária proferida pelo foro competente (KNVB) a declarar que o Heerenveen não estava obrigado a transferir o jogador, bem como que o protocolo de intenções não mais teria eficácia;

3- Pretende, na verdade, dar uma resposta aos seus torcedores por não ter conseguido fichar o jogador após ter divulgado amplamente na imprensa holandesa que o jogador era deles;

4- Mesmo propondo qualquer ação contra o jogador, também estará o clube sujeito a responder um pedido contraposto do jogador e sofrer eventuais sanções desportivas.

Por todas essas razões, solicitamos às pessoas para as quais o presente e-mail está sendo enviado a gentileza de informar, caso seja de vosso conhecimento, o nome do “rato”, para que tomemos as medidas legais cabíveis.

Ou, caso não conheçam, que a presente dose de informação fidedigna então sirva de “imunização” contra a “doença” desse “animal apócrifo”.

A inveja é realmente uma merda, desculpem-nos a sinceridade.

Roberto Tibúrcio e Dr.Luis Fernando Ribeiro



Why I didn’t show up at the Gala by Assessoria do Jogador
setembro 3, 2007, 9:23 pm
Filed under: Comunicado, Notícias

Why I didn’t show up at the Gala

After last Friday, 31st August, when I waited for a sensible decision from my club until the last hour, I’m not really in a “party” mood.

On that day SC Heerenveen had the chance to transfer me for a price over four times bigger than what they paid for me one year ago. I don’t have to say again how important this transfer could be to my family and me.

My family fully endorsed my decision of not showing up for this evening event.

It’s hard to my mother read on my web site some SC Heerenveen fan calling me “monkey boy”. That’s exactly how I would feel if I had to bend to my “owners” in public tonight.

It couldn’t be most fair than have my teammates receiving the top scorer prize for me. Nobody scores alone and they were an important part on these 34 goals. Thank you guys.

Mr. Ries was the man that brought me to the club, and therefore he was the best person to receive the best player prize.

Furthermore, the event organization and the club was informed that I wouldn’t go already a few days ago. So, in despite of whatever they say, it was not a surprise.

AFONSO ALVES

Porque não fui à premiação “Gala”

Depois da última sexta-feira, 31 de agosto, quando esperei até o último momento por uma decisão sensata do meu clube, não estou mesmo em clima de festa.

Naquele dia, o SC Heerenveen teve a oportunidade de me negociar por um preço superior a quatro vezes o que pagou por mim há um ano. Eu não preciso repetir aqui o quanto esta transferência significaria para mim e minha família.

Minha família endossou totalmente a minha decisão de não comparecer ao evento desta noite.

É duro para minha mãe ler no meu web site alguns torcedores do SC Heerenveen me chamando de “Macaquinho”. É exatamente como me sentiria se tivesse que me curvar publicamente aos meus “proprietários” esta noite.

Não poderia ser mais justa a escolha dos meus companheiros de equipe para receber o prêmio de artilheiro por mim. Ninguém marca gols sozinho e eles foram uma parte importante destes 34 gols. Obrigado a vocês.

O Sr. Ries foi quem me trouxe para o clube e portanto foi a melhor pessoa para receber o prêmio de melhor jogador. Além disso, gostaria de dizer que a organização do evento e o clube foram informados da minha ausência já há alguns dias. Portando, a despeito de qualquer coisa que disserem, não foi uma surpresa.

AFONSO ALVES



NOTA OFICIAL À IMPRENSA by Assessoria do Jogador
agosto 5, 2007, 3:00 pm
Filed under: Comunicado

Neste momento importante da minha carreira, algumas pessoas inescrupulosas, que nunca fizeram nada por mim, estão tentando usar o meu nome para obter vantagens financeiras. Gostaria de esclarecer mais uma vez aos meus fãs e às pessoas que atuam no mundo do futebol, que o meu único representante legal é o senhor ROBERTO TIBÚRCIO, renomado empresário brasileiro que me assessora desde 1997.

O senhor Paulo César Alves Almeida, um brasileiro radicado na Holanda, e a sua empresa Number 10 não têm nenhum vínculo comigo, nem pessoal, tampouco profissional. Este elemento é um impostor, falsário, mentiroso e mau caráter que tenta se passar como meu representante para tentar extorquir dinheiro de dirigentes de clubes europeus, principalmente na Holanda. Já acionei os meus advogados na Europa para que as medidas jurídicas cabíveis sejam tomadas contra o senhor Paulo César Alves Almeida e as suas mentiras. Também levarei o caso para apreciação da Fifa a fim de que o impostor seja severamente punido.

Quanto a minha situação profissional, não fui transferido do SC Heerenveen e desde o final da Copa América estou de férias em Belo Horizonte, Brasil, juntamente com a minha família, aguardando uma definição. Quando houver alguma novidade relativa a uma possível negociação, o meu assessor de imprensa, jornalista Wagner Augusto, informará a todos os veículos de comunicação no tempo oportuno.

No ensejo, agradeço o carinho dos torcedores, principalmente os do SC Heerenveen, pelos quais tenho grande apreço, e a cobertura da imprensa.

Segue, abaixo, um resumo desta Nota Oficial em inglês.
Afonso Alves Martins Júnior

Press Statement Facing the recent speculations regarding a possible transfer, Afonso Alves would like to say:
1- My one and only legal representative since 1997 is Mr. ROBERTO TIBÚRCIO.
2- The agency “Mumber 10” and Mr. Paulo César Alves Almeida never represented me, and will suffer a law suit at FIFA and the Dutch Law Court for such lie.
3- I was not transferred from Herenveen. I’m on vacation in Brazil after playing for the Brazilian National team at Copa América.
Afonso Alves Martins Júnior