afonso9.com :: BLOG Oficial do goleador Afonso Alves ::


Afonso volta pra Holanda com algumas propostas by Villa Nova A.C.

Lembrado por Dunga em todas as convocações, Afonso Alves tem propostas do futebol inglês e turco

Quando o técnico Dunga convocou os jogadores que iriam disputar a Copa América no ano passado, competição da qual a seleção brasileira se tornou campeã ao bater a Argentina na decisão, um nome chamou a atenção dos torcedores e cronistas especializados: Afonso Alves.

A surpresa se justificava pela pouca visibilidade do jogador, que atual no futebol holandês, fruto de um fenômeno que já está se tornando comum, com a saída dos atletas do País para o futebol mundial antes mesmo de eles despontarem no Brasil.

Depois de conquistar o título da Copa América, Afonso continuou a ser lembrado pela comissão técnica da seleção, figurou em todas as convocações que se sucederam e chegou a ser escalado como titular nos amistosos contra a Turquia e os Estados Unidos.

No dia 29 de dezembro, Afonso foi entrevistado durante um vôo Amsterdã-São Paulo, e contou um pouco de sua trajetória meteórica, que tem como último capítulo uma proposta de 20 milhões de euros (52 milhões de reais ou 29,5 milhões de dólares), para se transferir do futebol holandês para o Manchester City (Inglaterra) ou Fenerbaçe (Turquia), de acordo com matéria publicada pelo jornal holandês “Sportwereld”, e confirmada pelo atacante.

Antes do embarque, ainda no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, Afonso demonstrou que não é assim tão desconhecido. Ele deu autógrafos e posou para fotos ao lado de dois torcedores, ambos brasileiros, que o reconheceram. “As convocações podem ter sido surpresa para todos, menos para mim, pois sempre tive consciência e confiança no trabalho que venho desenvolvendo desde que cheguei para jogar na Holanda”, enfatiza o atacante de 26 anos, que nasceu em Belo Horizonte (MG), onde iniciou a carreira no Atlético-MG e permaneceu dos 13 aos 21 anos.

Em 2002, antes de despontar no Galo, Afonso se transferiu para a Suécia, levado por seu empresário brasileiro, Roberto Tibúrco. Lá, atuou por quatro anos, defendendo o Örgryte e o Malmö. Pelo Malmö, se sagrou campeão sueco em 2004.

Sempre se destacando como artilheiro, Afonso Alves conta que em 2006 despertou o interesse do Heerenveen, equipe holandesa da cidade de mesmo nome. “Já na primeira temporada marquei 34 gols em 31 jogos e fui o artilheiro do campeonato, atuação que não pude repetir em 2007, devido a uma contusão no músculo posterior da coxa direita e por uma suspensão de quatro jogos depois de uma expulsão”, lembra Afonso.

Mesmo com as dificuldades, o atacante terminou o primeiro turno com 11 gols em apenas oito jogos, enquanto que sua equipe ficou na quinta colocação, com 29 pontos em 17 jogos (nove vitórias, dois empates e seis derrotas). “Fico agora alguns dias em Belo Horizonte, revendo os amigos e familiares, e no dia 7 de janeiro retorno à Holanda, com a expectativa de ver concretizada a minha transferência para um dos clubes interessados”, conta ele. “Quero dar seqüência ao meu trabalho, continuar a ser lembrado pelo técnico Dunga e me firmar como titular na seleção brasileira”, finaliza Afonso.

Em outubro passado, Afonso voltou a chamar a atenção dos brasileiros, ao marcar sete gols numa mesma partida do Campeonato Holandês, quando a sua equipe venceu o Heracles por 9 a 0.

Carlos Lara/Colaboração para o BOM DIA, de Amsterdã, editado por Daniel Rodrigues